quarta-feira, fevereiro 21, 2024

Uçá insere Sergipe no mapa das artesanais

Leia também

Pão Recheado com Atum: pra fazer em casa

Rendimento: 12 porçõesTempo de Preparo: 90 minutosCalorias: 175 a...

Aracaju recebe a exposição ‘O Fantástico Mundo Marinho’

Exposição "O Fantástico Mundo Marinho" chega ao RioMar Aracaju...

Pré-Caju 2024 será lançado no dia 22 de março

Durante a solenidade, serão anuciadas a programação e demais...

O Concurso Brasileiro de Cervejas, ocorrido em Blumenau (SC), no último dia 12/03, consagrou a Cervejaria Uçá como a mais premiada do Norte-Nordeste. Foi uma medalha de prata para a cerveja “Para-raio Black IPA” e uma de bronze para a cerveja “Presepada APA”.

Segundo a organização do concurso, mais de 3.000 rótulos foram inscritos, com 505 cervejarias participantes e um corpo de jurados (120) de diversos países, como Alemanha, Bélgica, Reino Unido, Estados Unidos, República Tcheca, Japão, Brasil, dentre outros, posicionando o concurso como o 3º maior do mundo em número de rótulos.

“Creio que a Uçá esteja hoje em uma posição muito favorável. Nós temos um tamanho ótimo que nos permite ter um alto controle da qualidade e dos processos e ao mesmo ter uma boa variedade de cervejas. Nós sempre priorizamos a alta qualidade dos insumos, essa qualidade é levada em consideração na escolha da origem, no transporte e no armazenamento deles. Possuímos controle de temperatura e humidade para os maltes e para os lúpulos, mantendo seu frescor por muito mais tempo. Possuímos equipamentos de última geração que facilita extrairmos tudo que queremos dos insumos e entregar o melhor produto que podemos fabricar”, diz Felipe Barros, sócio de André Felizola nessa empreitada.

Com a premiação a Uçá espera ter maior reconhecimento nacional que permita aumentar a clientela em outros estados, principalmente no Nordeste, além da penetração em mercados mais competitivos, como os do Sul e Sudeste.

“Somos uma equipe extremamente apaixonada por cervejas, bebemos todos os dias, tanto as nossas, como cervejas do mundo inteiro, especialmente de Cervejarias referências nos seus estilos, procurando sempre inspiração e colocando esses padrões como objetivos. Nossa posição comercial hoje também nos favorece experimentar com diferentes estilos, analisando o que o público sergipano e nordestino, ainda jovem nesse mercado, preferem e valorizam. Resumindo, acho que os fatores são ótimas ferramentas, conhecimento sempre atualizado e possibilidade comercial.”