20 maio2022

    Ambev inaugura linha completa para processamento de lúpulo

    Leia também

    ‘Papo de Jardim’ promove roda de conversa sobre maternidade

    Encontro tem acesso gratuito e acontece na quinta-feira, 19...

    Vailton Linhares comemora 10 anos de sucesso cerimonial

    Nesta quinta-feira, 19, o cerimonialista Vailton Linhares reúne familiares,...

    GBarbosa terá ação no Dia da Coxinha, 18 de maio

    Crocante por fora e bastante recheada por dentro, a coxinha...

    Felipe Sommer, coordenador do Projeto Fazenda Santa Catarina, conta:

    “Até um passado recente, o cultivo nacional de lúpulo parecia distante de se tornar realidade em terras brasileiras, já que seu desenvolvimento acontecia favoravelmente em climas frios, com alta incidência solar. Foi em Lages, onde já existia um tímido plantio, que a Ambev conciliou a vontade de produzir lúpulo nacional à experiência da comunidade local, para criar um projeto colaborativo de fortalecimento ao ecossistema.”

    Além da doação de mudas, as iniciativas da companhia contemplam desde auxílio técnico para os produtores até o contrato de compra das plantas.

    Nesta fase que se inicia com a conclusão da planta piloto, os produtores poderão seguir diretamente da colheita para o processo de limpeza, secagem e embalagem para a venda, e poderão utilizar toda a infraestrutura da Fazenda Santa Catarina, dentro da Cervejaria Ambev de Lages. Ao longo dos próximos meses, produtores locais devem ser selecionados para receber 60 mil mudas de lúpulo. O plantio deve ter início em setembro para que a primeira safra ocorra em março de 2022. A expectativa é que aproximadamente 500 famílias sejam beneficiadas pelo programa nos próximos cinco anos.

    As primeiras fases do projeto na Fazenda Santa Catarina contaram também com o lançamento de duas cervejas produzidas com lúpulo nacional. A primeira, batizada de Green Belly, é uma Hop Lager feita em conjunto com a Lohn Bier, microcervejaria parceira da ZX Ventures, o braço de inovação da Ambev. A Brazilian Blonde Ale, cerveja puro malte desenvolvida de forma colaborativa com outras nove microcervejarias catarinenses também é resultado da iniciativa.

    Com o aval dos consumidores, a Green Belly ganha uma nova prod