quarta-feira, fevereiro 21, 2024

Polêmica: Pablo Escobar batiza nome de restaurante em Singapura

Leia também

Aracaju recebe a exposição ‘O Fantástico Mundo Marinho’

Exposição "O Fantástico Mundo Marinho" chega ao RioMar Aracaju...

Pré-Caju 2024 será lançado no dia 22 de março

Durante a solenidade, serão anuciadas a programação e demais...

Semana do Cinema: Shoppings Jardins e RioMar terão sessões com ingressos a R$12

A promoção, idealizada pela FENEEC e a ABRAPLEX, acontece...

Os proprietários de um restaurante em Singapura se envolveram em uma polêmica ao batizar seu estabelecimento de “Pablo’s Kitchen”, em referência ao narcotraficante colombiano Pablo Escobar.

Em uma entrevista, os donos do local se disseram “grandes fãs” da série “Narcos”, da Netflix, que retratou a ascensão de Escobar (interpretado pelo brasileiro Wagner Moura) como um dos maiores traficantes de cocaína do planeta.

A série recebeu elogios dos críticos, mas também foi alvo de comentários negativos por glorificar Escobar e alimentar uma narrativa de estereótipos racistas.

No menu do Pablo’s Kitchen há pratos que remetem à atividade do traficante, como “sicários” e “frango de cartel”, informa o site Zap, de Portugal.

A página do Facebook e as contas do Instagram do restaurante também mostram logotipo com o nome, um desenho do rosto de Escobar da série Netflix e duas facas cruzadas.

Questionado sobre a polêmica escolha, Alex Neo, um dos sócios do restaurante, disse que “se a comida for boa, pode-se chamá-la de qualquer coisa”. Contudo, depois de alguns comentários negativos, os proprietários revelaram que fariam algumas alterações.

“Queremos deixar claro que a nossa equipa desaprova os crimes de narcoterrorismo”, escreveram os sócios em um post no Facebook.

“Tal como a série de TV da Netflix, o Pablo’s Kitchen é atraído pela história da repressão às drogas. Para evitar mal-entendidos, faremos alterações no nosso espaço na próxima semana”.

Pablo Escobar foi morto durante um tiroteio em 1993. Seu nome continua vivo e este não é o primeiro restaurante a homenagear o traficante. Estabelecimentos na Austrália e na Nova Zelândia também lançaram hambúrgueres com o seu nome.

Fonte feed: Via Feed Revista Menu