terça-feira, março 5, 2024

Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista

Leia também

Guylian traz novidade em sua linha para Páscoa

A marca de chocolate belga aumenta seu portfólio com...

Inscrições abertas para a Meia Maratona 21k Sergipe Run

Consolidada como uma das mais importantes corridas de rua...

10ª Edição do Café com Case discute o direito à cidade

Organizado por estudantes do quarto período do curso de...

O pintor João Carlos Apolonio teve seus momentos de fama nesta semana por causa de seu apetite fora do comum. Em suas redes sociais, Apolonio revelou que foi “convidado a se retirar” de um rodízio de massas após comer nada menos que 15 pratos.

“Eu estava procurando um lugar mais em conta para poder almoçar, quando vi a placa de rodízio de massas, coxinhas, lasanha e etc. à vontade por R$ 19,90. Até que eu não estava com muita fome, porque eu tinha comido oito pãezinhos”, disse o pintor em entrevista ao programa Melhor da Tarde, da Band, nesta quarta-feira (14).

“Trabalho com obra, como bastante. Gasto muita energia. De início, pedi 10 pratos (cinco lasanhas, três nhoques e dois macarrões) e eles trouxeram”, contou Apolonio. O inocente garçom que atendeu o pintor ainda avisou que, caso houvesse desperdício, ele deveria pagar uma taxa de R$ 9,90.

Segundo o pintor, o garçom teria arregalado os olhos quando ele pediu mais oito pratos: quatro de lasanha e quatro de nhoque.

Desesperado, o gerente do restaurante foi até a sua mesa para convidá-lo a se retirar. “Por gentileza, o senhor aceita uma proposta? O senhor não é obrigado a ir embora, mas se o senhor for agora, a gente devolve o seu dinheiro e você não paga nada”, teria dito o funcionário do restaurante.

Confira o relato de Apolonio a seguir.

(*) Da redação da Menu

Fonte feed: Via Feed Revista Menu