23 maio2022

    Ambev e Lohn se unem para lançar TodaNossa, cerveja 100% nacional

    Leia também

    Influenciadora digital Ludja Victória participa do “Sal e Brasa Convida”

    A influenciadora digital Ludja Victória foi a convidada da...

    Influenciadora digital Giulia Thalia conhece as delícias do Mirante

    A influenciadora digital Giulia Thalia foi conhecer as delícias...

    Tac Tacs chega ao RioMar Aracaju trazendo o parque ‘A Fazendinha’

    Criados pelo Grupo Blitz, empresa especializada em gerar trabalho...

    Troca de material reciclável por árvores frutíferas

    Troca de árvores frutíferas e oficina de consumo consciente...

    O nome dado à nova cerveja produzida em parceria pela Lohn Cervejaria, de Santa Catarina, e a Ambev é autoexplicativo: TodaNossa. Água, lúpulo, malte e levedura, todos os ingredientes do lançamento são 100% nacionais.

    Com 4,2% de teor alcoólico, o estilo anotado na garrafa é brazilian pale ale —uma denominação afetiva, já que o “brazilian” não é reconhecido oficialmente. Também tem baixo amargor, apenas 30 IBU (escala de amargor que vai até 120).

    Outras experiências com lúpulos nacionais já estão aparecendo com mais frequência, aproveitando o cultivo da florzinha em diferentes regiões: a Baden Baden e outras artesanais já usaram o lúpulo da serra da Mantiqueira; o grupo Petrópolis lançou ano passado a Braza Hops, com o lúpulo cultivado em Teresópolis. 

    A própria Ambev e a Lohn produziram no ano passado a Hop Lager Green Belly, com o lúpulo colhido no Projeto Fazenda Santa Catarina, da Ambev. Do mesmo projeto também saiu a Brazilian Blonde Ale, em parceria com microcervejarias catarinenses. 

    Desta vez, a novidade é a levedura, encontrada no litoral e desenvolvida por dois pesquisadores brasileiros (René Aduan e Ana Carolina Souza Ramos de Carvalho). Já o malte de cevada é proveniente do vale do Itajaí, também de Santa Catarina.

    “Até pouco tempo atrás, os argumentos para se fazer cervejas de qualidade eram exclusivamente associados ao uso de ingredientes importados. Mas, a partir de agora, podemos usar três tipos de maltes beneficiados de cevada brasileira, lúpulos que são cada dia mais bem desenvolvidos na serra catarinense e a primeira levedura tipo Saccharomyces”, comemora Richard Westphal Brighenti, cervejeiro e sommelier.

    Particularmente sobre a TodaNossa, Brighenti acrescenta que a cerveja “tem lúpulos frescos da safra 2021, que formam um buquê floral, além de leve frutado que orna com os fenóis da levedura Ale.” 

    A TodaNossa pode ser encontrada nos canais de venda da Lohn Cervejaria e no site Empório da Cerveja, ecommerce da Ambev, que entrega em todo o país (R$ 9,90, a long neck de 355 ml). Mas quem quiser experimentar a novidade não pode demorar: foram engarrafados apenas 2.000 litros.

     

    Fonte feed: Via Feed Folha de S.Paulo