sexta-feira, abril 12, 2024

O menu degustação do Sato

Leia também

Pequenas porções do que o restaurante tem de melhor. É essa a essência de um menu degustação. Você passeia pela identidade do lugar e percebe suas nuances e coerências. Aqui em Sergipe são raros os lugares com essa entrega. O Alma Bistrô, do chef François Ozane é um exemplo de lugar contemporâneo com esse tipo de serviço. E o Sato é outro.

Com 6 anos de existência, o japa vencedor do Melhores do Ano TAC 2020 tem suas inquietudes. Provoca com pratos sem se descolar das realidades de mercado, de ingredientes, de percepções. Com 4 restaurantes, ao do Inácio dedicou exclusividade em seu menu degustação.

Ao chegar no local, você receberá um menu para marcar. Vai escolher nele 6 pratos entre mais de 60 opções. São 10 entradas diferentes, 14 tipos de sushi, 7 tipos de hots, tem missô lámen, poke de atum, de salmão, de shimeji, 6 tipos de yakisoba, 6 de grelhados, 14 tipos de iguaria, e ainda tem a sobremesa, um harumaki de cartola. 

É muita comida. Se escolher lámen, yakisoba e poke dentre os 6, capaz de comer mais de 1kg completando com outros 3 pratos restantes. Sério.

O menu degustação fica ainda mais aprazível na varanda do Sato. Ao ar livre. Com uma luz adequada, com o atendimento do aprazível Hugo e com uma boa companhia.

SERVIÇO

Onde: Av Paulo VI, 177 – Inácio Barbosa. Perto do Mergulhão.

Preços: R$ 69,/pessoa

Coisa boa: Se evocarmos a disciplina da análise combinatória passaremos alguns milhares de anos indo no menu sem repetir a mesma sequência. 

Uma coisa excelente: come pouco? Pode dividir um menu pra você e o mozão.

Como pagar: dinheiro e cartões

Estacionamento: relativamente fácil.

Funcionamento: o Sato Inácio abre todos os dias, porém – importante frisar – o menu degustação acontece de segunda à quarta