segunda-feira, março 4, 2024

Mesmo após reabertura, 40% dos restaurantes ainda estão no vermelho

Leia também

Guylian traz novidade em sua linha para Páscoa

A marca de chocolate belga aumenta seu portfólio com...

Inscrições abertas para a Meia Maratona 21k Sergipe Run

Consolidada como uma das mais importantes corridas de rua...

10ª Edição do Café com Case discute o direito à cidade

Organizado por estudantes do quarto período do curso de...

Mesmo com a reabertura do comércio em diversas regiões do Brasil, resultado da vacinação contra a covid, os bares e restaurantes ainda estão em situação financeira delicada, informa pesquisa recente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Segundo o levantamento, 37% dos empresários do setor afirmaram em julho que ainda trabalham no prejuízo. Já é um alento em comparação a junho, quando esse índice foi de 54%. Em abril, 77% dos proprietários de bares e restaurantes disseram estar no vermelho.

Para o presidente da Abrasel, Paulo Solmucci, os indicadores sinalizam que os clientes estão recobrando a coragem de comer fora de casa. Mas não é motivo para celebrar. “O indicador ainda é alto, estamos falando de mais de um terço das empresas ainda sem conseguir se restabelecer”, afirmou.

“Mostra, no entanto, que a retomada está acontecendo, junto com a flexibilização por parte dos estados e municípios. E, mais importante ainda, a confiança dos clientes em frequentar os bares e restaurantes também está voltando”, disse Solmucci, de acordo com reportagem do site R7.

A consequência da melhora já é nítida na folha de pagamentos de agosto. Segundo a entidade, 16% das empresas disseram não ter conseguido honrar integralmente os salários de seus funcionários. Em julho, este número chegou a 27% e, em abril, 91%.

De acordo com Solmucci, o número de empresas que apontaram estar com dívidas em atraso também reduziu. Foram 54% no último levantamento, contra 64% em julho e 77% em maio.

A pesquisa da Abrasel ouviu 1.272 estabelecimentos de todo o Brasil entre os dias 12 e 24 de agosto.

(*) Da redação da Menu

Fonte feed: Via Feed Revista Menu