25 maio2022

    Vazamento de petróleo pode afetar acesso à água de 9 milhões de pessoas no Iêmen

    Leia também

    Contagem regressiva para o show de Maria Gadú em Aracaju

    A cantora Maria Gadú está de volta a Aracaju...

    Supermercado realiza Festival de Marcas Exclusivas até dia 31 de maio

    São mais de 100 itens, incluindo alimentos, bazar, higiene...

    Um brinde ao café

    No dia Dia Nacional do Café, que tal celebrar...

    Rancho de São João RioMar

    RioMar Aracaju abre a temporada de festejos juninos e...

    A possibilidade “cada vez mais provável” de um grande derramamento de petróleo de um navio petroleiro em degradação encalhado no Mar Vermelho poderia interromper o fornecimento de água potável para o equivalente a mais de 9 milhões de pessoas, de acordo com um novo estudo.

    O petroleiro FSO Safer – que contém 1,1 milhão de barris de petróleo, ou mais de quatro vezes a quantidade derramada em 1989 pelo Exxon Valdez 2 – está “deserto” na costa do Iêmen desde 2015 e continua se deteriorando.

    Uma ruptura na embarcação, que tem casco simples, faria com que o conteúdo vazasse diretamente para o mar, diz a reportagem, que foi publicada na revista Nature Sustainability na segunda-feira (11).

    O relató