25 maio2022

    Três dicas de documentários e um reality na Netflix para quem ama churrasco

    Leia também

    Contagem regressiva para o show de Maria Gadú em Aracaju

    A cantora Maria Gadú está de volta a Aracaju...

    Supermercado realiza Festival de Marcas Exclusivas até dia 31 de maio

    São mais de 100 itens, incluindo alimentos, bazar, higiene...

    Um brinde ao café

    No dia Dia Nacional do Café, que tal celebrar...

    Rancho de São João RioMar

    RioMar Aracaju abre a temporada de festejos juninos e...

    Disputas emocionantes, histórias incríveis e uma pitada de humor: hoje trago dicas de uma série, um documentário e de um reality de churrasco. A ideia é que o leitor, além de se divertir, ainda fique com vontade de assar uma carne neste fim de semana.

    Começo pelo “Chef’s Table Churrasco”, série indicada ao Emmy. Aqui, é água na boca e emoção.

    São quatro episódios. No primeiro, aparece Tootsie Tomanetz, uma senhora de 85 anos que de dia é zeladora e, à noite, comanda os pits (defumadores) da Snow’s BBQ em Lexinton, no Texas. O lugar foi eleito em 2008 a melhor churrascaria local, e já às 8h da manhã já se forma uma fila com gente que vem de todo o país para saborear as iguarias preparadas por Tootsie.

    Seguimos com Lennox Hastie, o chef australiano que prepara absolutamente tudo apenas com as brasas e o calor da churrasqueira, em Sydney, Austrália, no restaurante Firedoor. É preciso atenção 100% do tempo para controlar o calor do fogo e cozinhar desde entradas até sobremesas -simplesmente hipnotizante.

    No terceiro episódio, mergulhamos no tradicional churrasco americano com Rodney Scott, que começou aos 11 anos preparando porcos inteiros defumados por 12 horas. Uma tradição em grande parte sulista e feita por negros, era a forma mais barata de alimentar as pessoas em casamentos e festas familiares.

    No quarto e último episódio da série, Rosalia Chay Chuc transformou sua casa e a vida de sua família em um destino gastronômico preparando porco cozido enterrado na terra, seguindo tradições Maias. Um prato com base de tortilla, porco assado e cebola em conserva.

    Já o “Todo Sobre el Asado” é um interessante documentário dirigido por Mariano Cohn e Gastón Duprat, que, de forma bem-humorada, conta a história do churrasco dos argentinos e dos gaúchos e dos rituais que os envolvem. Spoiler: tudo é regado a muito churrasco, vinhos e ironias.

    Por último, “Campeões do Barbecue” é um reality show onde oito churrasqueiros disputam o título de melhor pitmaster em uma competição emocionante.

    Um dos jurados é uma lenda do churrasco: Kevin Bludso, dono do Bludso’s BBQ, uma churrascaria em Los Angeles.

    Melissa Cookston, a outra jurada, já venceu alguns concursos de gastronomia e tem dois livros publicados sobre o tema churrasco.

    Na produção, os participantes são avaliados pelo preparo de duas carnes e dois acompanhamentos e, a cada episódio, um participante é eliminado. Na disputa final, os dois melhores churrasqueiros se enfrentam.

    Uma dica bônus é sobre o documentário Steak (R)Evolution, disponível na Google Play. Nele, há a busca pelo melhor bife do mundo passando por diversos países, inclusive o Brasil. É uma boa ajuda para entender as revoluções que acontecem no mundo da carne.

    E você, já conferiu alguma dessas produções?

    Fonte feed: Via Feed Folha de S.Paulo