25 maio2022

    Sealba Agroshow movimentoumais de 60 milhões de reais em negócios

    Leia também

    Contagem regressiva para o show de Maria Gadú em Aracaju

    A cantora Maria Gadú está de volta a Aracaju...

    Supermercado realiza Festival de Marcas Exclusivas até dia 31 de maio

    São mais de 100 itens, incluindo alimentos, bazar, higiene...

    Um brinde ao café

    No dia Dia Nacional do Café, que tal celebrar...

    Rancho de São João RioMar

    RioMar Aracaju abre a temporada de festejos juninos e...

    O levantamento foi feito pela organização da maior feira do agronegócio da região.

    O Sealba Agroshow superou as expectativas da organização, impulsionou mais de 60 milhões de reais e segue movimentando financeiramente por meio de prospecções realizadas durante o evento. Com a presença de mais de 100 marcas expositoras e um público de mais de 15 mil visitantes nos três dias. Os resultados vão ainda mais além, após a realização do evento, muitos expositores estão fazendo suas entregas e recebendo novos clientes, já os produtores rurais estão ainda mais experientes, com o conteúdo técnico ofertado durante o evento, além disso, foram gerados mais de 200 empregos diretos nesse período.

    O maior show do agronegócio da região reuniu produtores rurais não só de Sergipe, Alagoas e Bahia, mas também de outros estados do país, todos em busca de conhecimento, networking e tecnologia, para o crescimento do agronegócio no Brasil.  A primeira edição aconteceu nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro, em Itabaiana, região agreste de Sergipe.

    Uma área de mais de 35 mil metros quadrados, se tornou um espaço também de debate político classista. Foi marcado por eventos inéditos, como o primeiro Encontro do Agro com os Poderes, em que foi possível apresentar aos três poderes executivo, legislativo e judiciário, os principais entraves que impedem o maior crescimento do agro no não só no Nordeste, mas em todo o país.


    Aconteceu também a retomada do Encontro dos Secretários Municipais de Agricultura e o Encontro do Agronegócio, com uma rodada de palestras sobre as perspectivas do setor. “O evento foi a realização de um sonho: criar um ambiente para produtores rurais discutirem pautas importantes do agro e fazer negócios. Foram três dias intensos de muito trabalho e bons frutos serão colhidos para o setor agropecuário. Quero agradecer a todos que compareceram, entre expositores, empresas, apoiadores, patrocinadores e claro aos produtores rurais”, afirmou o presidente do Sistema Faese/Senar, Ivan Sobral.

    Nesta primeira edição, o público presenciou assinaturas de contratos, trocas de conhecimento, palestras com profissionais renomados, networking, tecnologia, inovação, tendências, demonstrações de drones e muitas novidades do setor.


    “Um dos pilares do Sealba Agroshow é a difusão de tecnologia. De nada adianta existir boas técnicas e máquinas ultramodernas se a informação não chega ao produtor rural. Partindo desta premissa, realizamos várias palestras, além de dois painéis em conjunto com a Embrapa e o Ministério da Agricultura”, ressaltou um dos organizadores do evento, o superintendente Dênio Augusto Leite.


    O Sealba Agroshow é um evento totalmente voltado para negócios. Dentro dos realizados durante a feira, o produtor rural Augusto Barreto, de Nossa Senhora das Dores, assinou um contrato de financiamento com o Banese.  O objetivo é expandir os negócios da família e aumentar a produção de leite, que é vendida para indústria sergipana Natville.

    “Com esse contrato, nós vamos dobrar a produção de leite. Hoje está em torno de 500 litros por dia e vamos passar para 1.000 litros por dia. Isso alavanca o comércio da nossa região, gera mais emprego e renda, trazendo prosperidade e progresso para nossa região.”, declarou o produtor rural.
    Outro produtor de Tobias Barreto, José Marcos Andrade garantiu uma colheitadeira de grãos, junto com os implementos somaram mais de 2 milhões de reais.

    Para as empresas participantes foi uma grande oportunidade. “O Sealba AgroShow vai ficar para história, um evento como esse deve ser repetido a cada ano, os estados envolvidos só têm a ganhar”, comentou nas redes sociais a Chevma’Agro.

    Todos os expositores, gostaram da participação e confirmaram a presença em 2023, uma delas a Coopersus: “Superou minhas expectativas. Tive muito contato com pessoas interessadas em ser clientes, pessoas com insumos orgânicos para fornecer para a cooperativa, entidades com propostas maravilhosas. Espero em 2023 participar novamente com mais novidades para expor”, relatou satisfeita.