8 agosto2022

    Cidade turística na Costa Amalfitana, na Itália, impõe multas para “peitos nus”

    Leia também

    RioMar Astral: o evento faz parte das homenagens do shopping ao Dia dos Pais

    RioMar Astral Em sua terceira edição, o evento gratuito irá...

    Shopping Jardins Online presenteia o consumidor com vinho português

    Nesta segunda-feira, 8 de agosto, os pedidos a partir...

    Mamaço alerta para a importância da amamentação

    Iniciativa do Hospital e Maternidade Santa Isabel acontece nesta...

    O prefeito de uma cidade turística italiana decidiu aplicar multas a pessoas mal vestidas, alegando preocupações com a “qualidade de vida”.

    Massimo Coppola, prefeito de Sorrento, anunciou multas que variam de 25 a 500 euros em uma publicação no Facebook no dia 6 de julho.

    “Chega de comportamento indecente”, escreveu Coppola. “É por isso que assinei a portaria que proíbe as pessoas de andar com o peito nu, bem como em trajes de banho.”

    Os visitantes lotam a cidade, localizada ao sul de Nápoles, na costa oeste da Itália, mas Coppola está farto da quantidade de pele exibida por alguns.

    “Esses tipos de comportamento podem ser considerados causa de desconforto e desconforto tanto para os moradores de Sorrento quanto para os turistas”, escreveu ele.

    “Desta forma queremos proteger e melhorar o valor da vida, a qualidade de vida e o visual do centro da cidade e dos espaços públicos”, acrescentou.

    Sorrento fica na Península Sorrentina, que também abriga a Costa Amalfitana, um trecho de litoral voltado para o sul.

    As joias de Positano, Amalfi e Ravello, com vistas que mergulham no azul profundo do Mar Tirreno, ganharam a proteção da área pela UNESCO em 1997.

    Tal é a popularidade da península entre os veranistas que as autoridades locais trouxeram novas regras para reduzir o tráfego de turistas ao longo da costa, que se tornou um destino de viagem.

    Desde de 15 de junho, um sistema alternativo de placas significa que os carros só podem acessar o famoso trecho de 35 quilômetros entre Vietri sul Mare e Positano em dias alternados, durante o horário de pico na alta temporada.

    Somente veículos com placas terminando em número ímpar podem circular na estrada em datas ímpares, enquanto aqueles com placas terminando em número par podem circular em datas pares.

    Estas regras aplicam-se entre as 10h e as 18h para todo o mês de agosto, mais os fins de semana de 15 de junho a 30 de setembro. Também estão incluídas a Semana Santa durante a Páscoa e as datas de 24 de abril a 2 de maio.



    Fonte feed:
    Via Feed Viagem e Gastronomia