8 agosto2022

    Cirurgião destaca importância do mês da prevenção às doenças vasculares

    Leia também

    RioMar Astral: o evento faz parte das homenagens do shopping ao Dia dos Pais

    RioMar Astral Em sua terceira edição, o evento gratuito irá...

    Shopping Jardins Online presenteia o consumidor com vinho português

    Nesta segunda-feira, 8 de agosto, os pedidos a partir...

    Mamaço alerta para a importância da amamentação

    Iniciativa do Hospital e Maternidade Santa Isabel acontece nesta...

    O mês de agosto foi escolhido pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular para ser o mês “azul e vermelho” reforçando a importância dos cuidados para a prevenção das doenças vasculares e incentivar a população a fazer os tratamentos necessários. A escolha das cores do mês da saúde vascular foi baseada em como são representadas as veias (azul) e artérias (vermelho). 

    Referência no tratamento das doenças vasculares em Sergipe, o cirurgião Dr. Fellipe Sá Menezes reforça a importância de ter um mês com este tema para chamar a atenção aos cuidados e a prevenção com varizes, tromboses, insuficiência venosa crônica e colesterol, que são as doenças que afetam a vascularização. 

    “O Agosto Azul e Vermelho é o mês em que reforçamos a conscientização e prevenção das doenças vasculares. Também teremos no dia 15 de agosto a comemoração do dia do cirurgião vascular e o principal congresso nacional da área. É um mês muito importante para estar levando conhecimento relevante para as pessoas que são acometidas por estas doenças e para conscientizar a população em geral sobre o assunto. Estaremos mostrando a importância de realizar um check up, de estar realizando determinados exames, porque a ideia é sempre de diagnosticar precoce e fazer a prevenção para evitar complicações graves e o risco de morte”, destacou Fellipe. 

    O cirurgião também destacou que Sergipe já foi líder em taxas de amputação relacionadas a problemas circulatórios e que os números desse aspecto ainda continuam altíssimos mantendo o estado entre os primeiros do ranking. 

    “Vejo o cenário em Sergipe de uma forma negativa, infelizmente não temos tantas campanhas de saúde pública e privada e assim como no Brasil em um todo, as pessoas não possuem o hábito de procurar a prevenção. Acredito que é fundamental mudar a mentalidade e as pessoas passarem a prevenir ao invés de buscar tratamento apenas quando existirem as complicações. Campanhas de conscientização devem ser cada vez mais estimuladas”, ressaltou. 

    É necessário fazer do Agosto Azul e Vermelho um mês de muita conscientização pela saúde vascular e ações como sair do sedentarismo, praticar atividades físicas, parar de fumar e melhorar a alimentação contribuem muito para a melhora e prevenção das doenças vasculares. Além também de marcar uma consulta com um cirurgião vascular.  Valorizar a vida é cuidar da saúde vascular.