sábado, março 2, 2024

As premiadas cachaças do Sul

Leia também

Entre as 17 cachaças mais bem avaliadas na 22ª edição do Concurso Vinhos e Destilados do Brasil, oito eram da região sul

Recentemente aconteceu a 22ª edição do Concurso Vinhos e Destilados do Brasil, conhecida como a principal premiação do país feita exclusivamente para produtos deste setor. As degustações do concurso foram feitas por um júri composto por jornalistas, enólogos, especialistas e autores especializados, que provaram 630 amostras entre vinhos e destilados. As degustações aconteceram nos dias 20, 21 e 22 de setembro, em São Paulo.

As marcas foram contempladas com três tipos de medalhas após as degustações às cegas: medalha grande ouro, medalha de ouro e medalha de prata. O grande destaque desse ano foram as bebidas produzidas na Região Sul do Brasil. Entre as 17 cachaças mais bem avaliadas do concurso, oito eram sulistas. A cachaçaria Weber Haus, localizada em Ivoti, no Rio Grande do Sul, foi premiada com dez medalhas.

Na categoria medalha grande ouro, quatro cachaças foram contempladas com o prêmio máximo do concurso: a cachaça Weber Haus Extra Premium 5 Anos Solera, a Cachaça Weber Haus Envelhecida em Canela Sassafrás, o Licor Fino Weber Haus de Cachaça com Amburana e a Cachaça Buteco do Jay 8 Anos.

Já na categoria medalha de ouro, três produtos da destilaria foram premiados: a Cachaça Weber Haus Premium 7 Madeiras, o Rum Oro Señor Weber e o Licor Weber Haus de Creme de Leite com Marula. A Cachaça Prata Rota 48, o Licor Creme Weber Haus de Maracujá e a Cachaça Expedição Alambique (Clube Weber Haus) foram contempladas com medalha de prata.

“O Sul é uma região bastante estratégica para o segmento de bebidas do Brasil. Ver esse reconhecimento se materializando nas premiações é algo que nos enche de orgulho e acaba sendo até uma motivação para investirmos cada vez mais em novos produtos e receitas”, afirma Evandro Weber, diretor da Weber Haus. 

Sobre a Weber Haus

A história da família Weber no Brasil tem início em 1824, quando saíram da cidade alemã de Hunsrück para morar no Lote 48 das encostas da Serra Gaúcha, hoje chamada Ivoti. Ao adquirir as terras, a família iniciou o plantio de batata inglesa. Foi só em 1848, com o plantio de cana-de-açúcar, que começaram a elaborar cachaças para consumo. O destilador foi construído após um século e era formado apenas por um galpão com um engenho de tração animal. Atualmente, a Weber Haus já coleciona mais de 150 premiações e certificados importantes para a agroindústria.

Saiba mais em www.weberhaus.com.br