domingo, fevereiro 25, 2024

Brasileiros estão em 2º no ranking mundial dos que mais frequentam academias

Leia também

Cachaça de Jambu e Licor de Banana estrelam carta de drinks com raízes brasileiras do Miltes Bar

Com preparos autorais exóticos, o novo empreendimento gastronômico curitibano...

Confira as opções de lazer para as famílias neste fim de semana

Parque temático, encontros com o personagem Bita, Semana do...

Projeto Tamar lança exposição no RioMar Aracaju

RioMar Aracaju recebe exposição educativa do Projeto Tamar A partir...

Neste sábado, shopping de Aracaju promove mais uma campanha de adoção de pets

Adoção de Estimação acontece neste sábado (24), em parceria...

Inscrições abertas para cursos gratuitos no Instituto JCPM em Aracaju

Oportunidades em três diferentes formações são destinadas a jovens...

País é 2º do ranking que possui mais academias, e onde as mensalidades são as mais baratas

Com o início de um novo ano, as academias recebem uma leva significativa de novos alunos à procura de cumprir promessas de ano novo.

Mais de 30% dos brasileiros realizam atividades físicas no nível recomendado, sejam elas desde caminhada, corrida, ou até algum outro esporte ao ar livre.

Porém, nos grandes centros urbanos, para evitar a violência ou até mesmo pela comodidade, muitos preferem pagar uma academia para se exercitar.

Neste quesito, os brasileiros estão no topo do ranking, sendo o 2º que mais frequentam academia do mundo, com mais de 21%. O país fica atrás somente da Índia, com uma porcentagem de 24%.

É o que revela um estudo divulgado pelo CupomValido.com.br, plataforma de cupons de desconto, com dados da Numbeo, IBGE e Statista sobre o mercado fitness no Brasil.

Na ponta oposta do ranking, está a França. Os franceses são os menos entusiasmados quando se trata de se exercitar nas academias, apenas 4% frequentam usualmente.

Brasil é o 2º país com o maior número de academias no mundo

Quando se trata da quantidade de academias, os Estados Unidos está em 1º no ranking mundial, com mais de 41.190 unidades.

Porém, o Brasil fica logo atrás, em 2º lugar, com 29.525 unidades no país.

O México e a Alemanha, ficam em terceiro e quarto lugar, respectivamente.