segunda-feira, abril 15, 2024

Ticket médio nas vendas do foodservice brasileiro salta 38% em junho

Leia também

Fábio Snoozer apresenta-se neste domingo no Shopping Jardins

Músico é atração do projeto Viva Música O cair da...

Trupe Guaraná apresenta show de mágica neste fim de semana

Espetáculos gratuitos acontecem neste sábado e domingo, 13 e...

Roupa Nova anuncia sessão extra em Aracaju no dia 22 de maio

Após os ingressos do show se esgotarem com apenas...

Um a cada três bares em Sergipe opera no prejuízo; saiba os motivos

A pesquisa é da Associação Brasileira de Bares e...

Estudo com associados do IFB revela crescimento nominal de 11% no período e recuperação do setor após anos de restrições por conta da pandemia

Ticket médio nas vendas do foodservice brasileiro salta 38% em junho 

Estudo com associados do IFB revela crescimento nominal de 11% no período e recuperação do setor após anos de restrições por conta da pandemia 

O segmento de foodservice no Brasil fechou junho de 2023 com crescimento nominal de 11% em relação ao mesmo período do ano passado. Destaque para o ticket médio do setor, que saltou 38%. Os dados são do Índice de Desempenho Foodservice (IDF), realizado pelo Instituto Foodservice Brasil (IFB) com empreendedores associados. O aumento acumulado do mercado atingiu 12,5% nos últimos 12 meses. 

O faturamento nas lojas de rua e nos centros comerciais tiveram um aumento de 11% no último mês. Já o número de transações teve variação positiva de 5% em junho e no acumulado do ano também cresceu 5%.  

A quantidade de lojas no setor de alimentação fora do lar se manteve estável em relação a maio de 2022, com pequeno aumento de 0,4%, atingindo um total de 6.867 unidades no país. Em relação a participação do canal delivery no total das vendas, as entregas atingiram 21% do total. 

Lucas Roberto, gerente de marketing do IFB, explica que o estudo é essencial para demonstrar as tendências do setor como um todo e traz apontamentos para guiar os empreendedores da área. 

“Os dados revelam a consolidação na retomada da economia, após sérios impactos da pandemia, já que o setor foi um dos mais prejudicados pelo fechamento dos estabelecimentos. Hoje vivemos outros desafios econômicos que pedem que as empresas se mantenham ligadas às tendências e aos indicadores de mercado para traçarem estratégias criativas e eficientes”, explica. 

Todos os meses o IFB realiza pesquisas e traz insights estratégicos sobre os movimentos do foodservice, em busca de soluções para temas que impactam o mercado. O Instituto é considerado um dos mais importantes indicadores da área. 

Sobre o Instituto Foodservice Brasil 

O Instituto Foodservice Brasil (IFB) busca soluções para temas que impactam o mercado de alimentação fora do lar. Seu objetivo é elevar o segmento de foodservice do Brasil a partir de análises, opiniões de líderes do setor e estudos setoriais e exclusivos. O intuito é trazer para discussão questões que envolvem a cadeia do foodservice no país – produtores, fabricantes, fornecedores de produtos e serviços, operadores de restaurantes e demais estabelecimentos do setor de alimentação.